Quem somos?

Naiara Rotta Assunção

Naiara Müssnich Rotta Gomes de Assunção, é a idealizadora e coordenadora do Coletivo Hunna: Historiadoras que dançam. É bailarina e professora de dança do ventre, com experiência em diversos outros estilos. É bacharel, licenciada e mestra em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e mestra em Antropologia da Dança pelo programa Choreomundus (Mestrado Internacional em Conhecimento, Prática e Patrimônio Cultural da Dança), oferecido por consórcio de universidades na França, Noruega, Hungria e Reino Unido.

 

Começou a dançar em 2005, como aluna de Priscila Fontoura. Fez aulas com Cristina Melnik e na, Amarein Escola de Danças Árabes, com Catarine Bachi e Priscila Fontoura . Realizou o Curso de Formação Profissional Amarein (2016), habilitando-se como professora da dança do ventre e folclores orientais. Realizou workshops e cursos práticos e teóricos sobre diferentes estilos de dança oriental e folclores com diversos profissionais respeitados no Brasil e no exterior sendo alguns deles Márcia Dib, Lulu Sabongi, Melinda James e Luciana Midlej (Brasil), Hossam Ramzy, Aziza of Cairo e Khayriya Mazin (Egito), Heather D. Ward (EUA) e Badriyah (Bélgica), entre outres.

 

Atua como professora de Dança do Ventre desde 2015, tendo dado aulas e cursos na Amarein Escola de Danças Árabes (Porto Alegre), Ocupação de Mulheres Mirabal (Porto Alegre) e na Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia (Trondheim). Desenvolveu o curso teórico “A História da Dança do Ventre: do século XIX aos dias atuais” que teve quatro edições, de 2015 a 2018.

 

Na área acadêmica, é especialista em história da dança do ventre, tendo realizado pesquisas sobre a representação da mulher e bailarina egípcias a partir de relatos de viagem de mulheres inglesas que foram ao Egito no século dezenove e da obra do orientalista inglês Edward William Lane. Também atua nas áreas de antropologia da dança e patrimônio cultural imaterial, tendo realizado investigação acadêmica sobre o mercado de dança do ventre Egípcio, baseada em trabalho de campo realizado neste país entre julho e agosto de 2019.

BL5B8425.jpg

Ana Terra de Leon

Ana Terra de Leon é Mestra em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC, 2020) e graduada (licenciatura e bacharelado) em História pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC, 2016). Atualmente, cursa Pós Graduação em Linguagem e Poética da Dança. É pesquisadora de História da Psiquiatria no Brasil, familiarizada com discussões sobre história e Saúde Mental. Pratica Dança do Ventre e ATS (FCBD Style), e no Hunna seu trabalho envolve as discussões sobre o Tribal e seus estilos afins. 

Trabalhou na organização das duas primeiras edições do Praksis - Simpósio Brasileiro de Fusões Tribais, no setor de Comunicação. Também faz parte do Coletivo Drusa, com foco de atuação no Tribal, e participou da organização da primeira edição do Fórum Tribal. Além de escrever para o Hunna, Ana Terra escreve para o Blog Coletivo Tribal, em conjunto com outres profissionais da cena e sob organização e trabalho editorial da bailarina Aerith.

Já foi aluna regular de Lana Shazadi (2017-2020), Cíntia Vilanova (2017-2020), Aline Pires (2019), Mahaila El Helwa (2020) , Paula Braz (2020) e Aline Muhana (2020). Fez aulas com Devi Mamak, Rebeca Piñeiro, Mariana Quadros, Lailah Garbero, Natália Espinosa, Mariana Garavelo, Ana Clara Oliveira, dentre outras.

 

Ministra cursos livres sobre seus temas de pesquisa - História da Psiquiatria, Psiquiatria e Patologização - e coordena um Grupo de Estudos Livre sobre História e Saúde Mental. Para entrar em contato, mande e-mail para anatdeleon@gmail.com.

IMG_9737-3.jpg

Nina Paschoal

Nina Ingrid Caputo Paschoal é mestra, licenciada e bacharel em História pela PUC-SP.  Pesquisadora de história da arte, história contemporânea, e especialista em orientalismo.

Produziu a pesquisa de mestrado “Ventre colonizado: representações da mulher árabe e suas danças na pintura orientalista do século XIX”, e será doutoranda em breve em pesquisa sobre Egiptomania e Orientalismo.


É Técnica em museologia, arte educadora, iniciante em marketing digital, secretária pessoal, colunista do portal Click Museus e só consegue dar conta de tudo isso sentindo sono e fome em todas as etapas. 

Se apresentou no festival Cairo Khan, de organização de Yousry Sharif em 2018, no Egito. 

Já deu aulas de Dança do Ventre, mas agora se dedica plenamente à pesquisa enquanto segue estudando com outras professoras incríveis. Cursou aulas e workshops com diversos dos grandes nomes da Dança do Ventre: Paula Trigueiro, Mahaila el Helwa, Natália Trigo, Lunah Farah, Márcia Dib, Erica Seccato, Elis Pinheiro, Lulu Sabongi, Lukas Oliver, Isis Mahasin, Melinda James, Téo Versiani, Faell Rabelo, Samara el Said, Munira Magharib, Hadara Nur, Esmeralda Saadeh, Hana Hassani, Alika Hanan, Nesrine e Amara Saadeh (BR) e Saida (ARG), Diva Darina (UKR) e Amir Thaleb (ARG).

nina-2-1_edited.jpg

Jéssica Prestes

Jéssica Melo Prestes é Licenciada e Bacharela em História pela PUCRS, tendo realizado pesquisa a respeito dos Territórios Negros Históricos da cidade de Porto Alegre e os modernos Quilmbos Urbanos. Foi premiada com o prêmio “Abdias Nascimento” no 1ª Salão de Ações Afirmativas da UFRGS como parte desta mesma pesquisa. É especialista em Arteterapia pelo IERGS/Uniasselvi, especialista em Educação Especial Inclusiva pela Censupeg e possui formação em andamento em História Oral da NEHO/USP. Desenvolve trabalho como Educadora Social em projeto de fortalecimento de vínculos. 

 

É bailarina, pesquisadora e professora de Danças Ciganas e possui experiência em outras modalidades. Começou a dançar em 2013, nas aulas de Danças Ciganas com a professora Gina Vitola em Porto Alegre. Já realizou cursos nessa modalidade com as professoras Sayonara Linhares, Virginia Diano, Evelise Batistel, Lu Barcelos, Clara Süssekind (Brasil), Pedro Rebelo (Brasil), Belen Dogliani (Argentina), Joana Gea (Espanha), Simona Jovic (Sérvia/Rep. Checa), Heather Ward (EUA), Assala Ibrahim (Iraque), Mr Ozgen (Turquia), Khaled Eman (Egito) e Khariya Mazin (Egito). Possui formação em Dança do Ventre Terapêutica pelo método Gina Vitola e Formação em Danças Ciganas pelo Método Sayonara Linhares e formação em Dança do Ventre método Lucy Linck. A experiência com a Salsa se deu com o professor Roberto Lauermann e cursos com a bailarina Carol Wuppel. Fez parte do grupo Arallec’h de Danças Celtas de 2014 a 2018 com Gisele Campos e Daniel Archer. 

 

Desenvolve pesquisas independentes sobre a história dos ciganos de diferentes regiões do mundo. Contribui para o Coletivo Hunna como produtora de conteúdo acerca da história da etnia cigana e de questões teóricas relacionadas à história oral e anticiganismo. Também integra o grupo artístico “Sarau de Todos os Santos” no qual desenvolve pesquisas históricas que dão suporte a produção e construção artística, dando a base histórica para performances a respeito de diferentes culturas.

25446067_118753408916715_3194012251055781876_n.jpg