Inscrições encerradas

HISTORICAMENTE FALANDO: BALADI

Aulão de Verão com o Hunna Coletivo


 

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
 

- Temática: Discussão histórica sobre o conceito de “Baladi” e como visualizar, na prática, seus vários e complexos significados.

- Carga Horária: 3h

- Data: 27 de fevereiro de 2021 (sábado)

- Horário: Das 19h às 22h

- Ministrado por: Coletivo Hunna, formado pelas historiadoras Ana Terra de Leon, Jéssica Prestes, Naiara Rotta de Assunção e Nina Ingrid Paschoal

- Investimento: R$50,00  
(Desconto de 10% pra quem fez o aulão "Orientalismo na Cultura Pop")

 

CONTEÚDO DO CURSO

 

Ultimamente, muito se tem falado sobre “baladi” e suas diversas manifestações através da dança, não é? Como historiadoras, nos foi passada a demanda de compreensão histórica desse fenômeno: quais os significados da palavra “baladi”? Ele tem o mesmo significado para todo mundo? Ele teve o mesmo significado ao longo do tempo? Está ligado a uma etnia específica dentro do Egito? A um grupo cultural?

 

Através de um aulão inteiramente teórico, é disso que vamos tratar: o Baladi como um fenômeno histórico, abordando:
 

  • Um pouco da história do Egito para nos ajudar a compreender aquela história de “Baladi é a população rural que foi para os centros urbanos”. 

  • A colonização e a presença inglesa no Egito e, por consequência, como “baladi” adquiriu uma conotação nacionalista.

  • Dinâmicas de classe e como “baladi” adquiriu uma conotação relacionada ao “popular” também.

  • Vamos discutir um pouquinho sobre a musicalidade Baladi e seus principais referentes.

  • Vamos entender como caricaturas e estereótipos ligados à noção de “baladi” surgiram no próprio Egito e como isso foi usado na dança.

 

Por que entender a noção de “baladi” historicamente e o que isso tem a ver com dança? 

 

“Baladi” é uma daquelas palavras que têm gerado vários debates e tentativas de definição aqui no Brasil, né? E muitas vezes as definições são conflitantes: tem uma professora egípcia que fala uma coisa, um professor egípcio que fala outra, uma bailarina brasileira que fala um um outro troço completamente diferente. Como lidar?

 

Nessa aula, na qual abordaremos a historicidade que esse conceito carrega, a gente quer te ajudar a compreender a complexidade envolvida nesse debate, os vários significados e várias possibilidades de uso da palavra “baladi” dependendo do contexto.

 

Entender de história é um elemento chave para dançarmos de forma consciente e confiante, né? Isso já sabemos. Mas é também uma maneira de lidarmos e digerirmos melhor essa carga enorme de informação que chega até nós para irmos além das categorizações e definições congeladas que normalmente recorremos quando queremos entender algo.

 

Para quem é esse curso?

 

O curso vai ser direcionado a praticantes - profissionais ou amadores - ou apenas interessades na dança e cultura egípcia! 

A gente vai falar bastante de história, mas também sobre multiplicidade cultural egípcia através da dança, de filmes, de música. 

 

Mas Hunna, tenho compromisso no dia 27 e não vou poder assistir a aula ao vivo!

 

Não tem problema! Dessa vez, a gente vai disponibilizar a aula gravada, temporariamente, para quem não puder estar conosco no dia 27. 

 

Ainda está em dúvida se esse curso é para você ou não?

 

Entre em contato com a gente e tire suas dúvidas através do e-mail hunnacoletivo@gmail.com

 

E não deixe de ler no nosso regulamento ante de fazer sua inscrição!

Com carinho, 

Hunna Coletivo.

*Gostaríamos de frisar que trata-se de um evento não-acadêmico, voltado, principalmente, para o público da dança, tal qual as outras atividades de nosso coletivo. Emitiremos um certificado simbólico para atestar sua participação. Em caso de dúvidas, mande um e-mail para hunnacoletivo@gmail.com

REGULAMENTO

1. O curso “Historicamente Falando: Baladi” será ministrado pelo Hunna Coletivo, representado pelas historiadoras Ana Terra de Leon, Jéssica Prestes, Naiara Rotta de Assunção e Nina Paschoal. O evento acontecerá no dia 27 de fevereiro de 2021 com três horas de carga horária, das 19h às 22h. 
 

2. Para participar do curso é necessário fazer o pagamento da inscrição, sob o valor de cinquenta reais (R$50,00), por via de transferência bancária em nome de Nina Ingrid Paschoal, por PIX, ou pelo aplicativo PicPay, e preencher e enviar o formulário de inscrição disponibilizado pela plataforma Google Forms. Serão aceitos agendamentos apenas para o seguinte dia útil em relação a data de recebimento do formulário, exceto se feitos no último dia de inscrição (25 de fevereiro), conforme explicado abaixo.
 

3. Sua inscrição estará automaticamente efetuada assim que você preencher o formulário completo, anexando o comprovante ao final. Você receberá uma cópia das suas respostas por e-mail. Preencha suas informações com muita atenção, e confira o formulário antes de enviar.
 

4. As inscrições serão aceitas até 25 de fevereiro de 2021. ***A data limite para pagamento é a mesma - ou seja: SEU PAGAMENTO DEVE CAIR NESTE DIA. Isso significa que, caso se inscreva em 25 de fevereiro, você deve fazer seu pagamento apenas Picpay, transferência de mesmo banco ou PIX. Pagamentos que caírem em data posterior serão DEVOLVIDOS e a inscrição não será validada.***
 

5. A aula será gravada e disponibilizada para as/os participantes QUE SOLICITAREM POR E-MAIL APÓS INSCRIÇÃO, ***por tempo limitado***. A gravação de áudio e/ou por parte de participantes é proibida, e medidas legais serão tomadas em caso de desrespeito a esta condição. O material escrito é de propriedade do Hunna Coletivo, e também é proibida sua reprodução, exceto sob autorização do mesmo mediante solicitação.  
 

6. A participação nas aulas é pessoal e intransferível. Em caso de impossibilidade de participação, avise com o máximo de antecedência e peça a gravação ou, em caso de cancelamento anterior a data de início do evento, o valor de reembolso será equivalente a 70% da taxa de inscrição. Não haverá reembolso a partir do dia 26 de janeiro de 2021, ou seja, um dia antes da aula.


7. Em data próxima ao evento, enviaremos pelo e-mail (hunnacoletivo@gmail.com) o link de acesso para a sala de aula no e-mail que você cadastrar no formulário. Fique atento ao preencher e sempre verifique sua caixa de Spam/Outros.


8. Solicitamos que informações e dúvidas sobre o curso sejam elucidadas exclusivamente pelo e-mail (hunnacoletivo@gmail.com). Este também é nosso canal oficial de comunicação, e quaisquer necessidades especiais para acesso ao curso, envio de materiais complementares (se houverem), emissão de certificados e questões de pagamento ou inscrição também devem ser tratadas através dele.


9. Ao se inscrever no curso, você concorda integralmente com o presente regulamento. 


Obrigada pela confiança no nosso trabalho, e nos vemos em breve.
Atenciosamente, 
Hunna Coletivo

INSCRIÇÕES ENCERRADAS