Curso Livre "Historicamente Falando: Folclore"

Oferecido pelo Hunna Coletivo

Ministrado por:
Ana Terra De Leon, Jéssica Prestes, Naiara Rotta Assunção e Nina Paschoal

Informações Técnicas
Temática: O “Folclore” enquanto manifestação cultural na dança
Carga Horária: 10h (5 encontros de 2h cada)
Datas: Quartas-feiras de junho, (01/06, 08/06, 15/06, 22/06, 29/06) 
Horário: Das 19:30 às 21:30 
Gravação: As aulas gravadas ficarão disponíveis por até um mês após o término do curso.
Investimento (para o curso inteiro):
1° lote (R$250,00/50Є) promocional: Inscrições realizadas entre 02/05 e 06/05 e para quem fez os quatro aulões de janeiro a abril
2° lote (R$300,00/60Є): Inscrições realizadas entre 07/05 e 13/05
3° lote (R$350,00/70Є): Inscrições realizadas entre 14/05 e 30/05

cabeçalho folclore.jpg

O curso “Historicamente falando: Folclore” vai discutir a ideia de “folclore” a partir das ciências humanas e aplicar esse conceito para o entendimento de danças entendidas como “folclóricas”. Nosso objetivo é possibilitar o contato de professoras(es) e bailarinas(os) de dança de Danças do Ventre, Danças Ciganas, Fusões Tribais e modalidades afins com os conceitos desenvolvidos pela história sobre esse tema. Vamos debater como a ideia de “folclore” está historicamente relacionada com questões ideológicas, políticas, institucionais e nacionais a fim de entender melhor o desenvolvimento histórico de várias danças que praticamos.

Encontro 1 – Introdução: o que significa "folclore" segundo as ciências humanas 

Ministrantes: Ana Terra De Leon, Jéssica Prestes, Naiara Rotta Assunção e Nina Paschoal

Nessa aula introdutória vamos destrinchar os conceitos de “folk”, “folclórico”, “popular” e “tradicional”, assim como identificar historicamente o surgimento da palavra “folclore”. Vamos também discutir como esse conceito está diretamente relacionado com a formação de Estados nacionais, a partir do século XVIII, com movimentos nacionalistas e definição de identidades nacionais. Assim, vai ficar mais fácil entender o que “folclore” tem a ver com política e porque nações e até instituições internacionais, tais como a UNESCO, se preocupam em estabelecer o que é folclore e o que não é.

 

Encontro 2 – Folclore egípcio: Mahmoud Reda e o nacionalismo árabe

Ministrantes: Naiara Assunção e Nina Paschoal

Nesta aula vamos discutir o contexto histórico egípcio da segunda metade do século XX para entender o surgimento das trupes folclóricas que popularizaram danças tão amadas pela comunidade da dança do ventre, como o Saidi e o Meleiah Laff. Vamos abordar a Revolução Nacionalista de 1952, o governo de Gamal Abdel Nasser e as políticas nasseristas ligadas à cultura que influenciaram a criação das coreografias do famoso e querido Mahmoud Reda.

 

Encontro 3 – Dabke e a questão palestina

Ministrantes: Naiara Assunção e Nina Paschoal

Nesta aula vamos abordar a ligação histórica entre o dabke e o movimento nacionalista palestion. Vamos entender o contexto histórico da criação do Estado de Israel a partir da ocupação da Palestina para conseguir identificar como a dança ocupou um papel importante nos movimentos de resistência na região.

 

Encontro 4 - Ciganos e os folclores nacionais

Ministrante: Jessica Prestes

Nesta aula veremos a participação dos Ciganos na construção dos entretenimentos de diferentes territórios, analisando a inserção ou não, deste grupo as noções de folclore, tanto no Brasil, quanto no mundo. Essa análise se dará a partir da contextualização da diáspora cigana, seu histórico ofício artístico e a relações com os não ciganos dentro dos territórios. 

 

Encontro 5 – Fusões Tribais, Folclore e Apropriação Cultural

Ministrante: Ana Terra De Leon

Esta aula será dividida em duas partes. Num primeiro momento, abordaremos a maneira como o Tribal estadunidense historicamente se utilizou de linguagens de algumas danças populares, por vezes chamadas de folclore ou de tribal, à luz de alguns conceitos chave para entender as dinâmicas que envolvem nossas danças - colonialismo, imperialismo, eurocentrismo. A ideia é compreender como colonialismo e capitalismo se articulam e como isso impacta nossa produção artística e na própria construção do estilo tribal e suas ramificações - mesmo aquelas que não carregam mais o nome “tribal”. Na segunda parte da aula, discutindo os limites e possibilidades da ideia de apropriação cultural, trabalharemos fontes históricas de diferentes territorialidades e tempos históricos para possibilitar uma compreensão crítica da noção de folclore em diferentes contextos - inclusive o brasileiro. 

Acesse nosso formulário no botão abaixo!

Regulamento

1. O curso “Historicamente falando: Folclore” será ministrado pelo Hunna Coletivo, representado pelas historiadoras Ana Terra de Leon, Jéssica Prestes, Naiara Rotta de Assunção e Nina Paschoal. As aulas acontecerão semanalmente, às quartas-feiras, de 01 de Junho a 29 de Junho, das 19h30min às 21h30min, com 2 horas de carga horária total de 10h.

2. O curso ocorrerá sob a condição de um quórum mínimo de 10 pessoas inscritas. Caso se observe quórum insuficiente, as inscrições serão anuladas e os valores devolvidos às inscritas via PIX - deixe sua chave PIX no campo especificado no formulário.

3. O valor do curso é de R$350,00, com descontos para alunas(os) cativas(os) e lotes promocionais de acordo com as informações no site http://hunnacoletivo.com. Para pagamentos internacionais, o valor de conversão em euros é de 70Є ou U$75 dólares.

4. Para participar do curso é necessário fazer o pagamento da inscrição por via de transferência bancária, PIX, PicPay ou TransferWise (moedas estrangeiras ao real). Serão aceitos agendamentos apenas para o seguinte dia útil em relação a data de recebimento do formulário. Os dados para pagamento estão na seção seguinte deste formulário. 

5. Sua inscrição estará automaticamente efetuada assim que você preencher o formulário completo, anexando o comprovante ao final. As inscrições sem formulário não serão aceitas e os valores serão estornados. Você receberá uma cópia das suas respostas por e-mail. Confirmaremos sua inscrição entre 2 a 5 dias úteis após sua realização. Para inscrições feitas no último dia de prazo, você receberá seu e-mail de confirmação até as 22h. Preencha suas informações com muita atenção e confira o formulário antes de enviar. 

6. As inscrições serão aceitas até o dia 30 de MAIO de 2022, às 22h, com o dia 31 de MAIO como data máxima de pagamento. 

7. As aulas acontecerão online. Verifique de antemão a qualidade de sua conexão para evitar impasses técnicos que possam prejudicar sua participação. Não nos responsabilizamos por problemas de conexão das participantes. 

8. As aulas serão gravadas pelo Hunna Coletivo e disponibilizadas para todos os participantes. Ficarão disponíveis por 30 dias após o término do curso. Caso necessite de prorrogação, entre em contato por e-mail para verificar as condições. Não venderemos a gravação posteriormente, e seu compartilhamento e ou revenda é terminantemente vetado. 

9.  A captação de áudio e/ou vídeo é proibida aos alunos, e multa legal será aplicada em caso de desrespeito a esta condição. O material escrito é de propriedade do Hunna Coletivo e também é proibida sua reprodução e compartilhamento, exceto sob autorização expressa do Hunna Coletivo.  A apresentação utilizada no minicurso não será compartilhada e também não deve ser reproduzida. O valor de multa aplicado é de 100 vezes o valor de inscrição.

10. A participação nas aulas é pessoal e intransferível. Caso queira cancelar sua inscrição por qualquer motivo, envie um e-mail para hunnacoletivo@gmail.com. O valor de reembolso em caso de desistência será equivalente a 70% da taxa de inscrição, e poderá ser solicitado até o dia 30 de MAIO de 2022.

11. Enviaremos o link de acesso para a sala de aula para seu e-mail cadastrado no formulário. Certificados digitais também serão enviados por e-mail para download após o prazo de 7 dias de disponibilidade das gravações. Por isso, se atente ao preencher este campo no formulário e verifique sua caixa de Spam/Outros. 

12. Ao contratar o curso, você declara estar ciente de que este será gravado e que o Hunna Coletivo poderá utilizar de sua imagem, captada durante as aulas, e de seu feedback de forma gratuita e permanente para fins de divulgação do trabalho e envio aos demais participantes em forma de gravação de aulas.

13. Solicitamos que informações e dúvidas sobre o curso sejam elucidadas exclusivamente por e-mail (hunnacoletivo@gmail.com). Este também é nosso canal oficial de comunicação, e quaisquer necessidades especiais para acesso ao curso, envio de materiais complementares (se houverem), emissão de certificados e questões de pagamento ou inscrição também devem ser tratadas através dele.

14. Ao se inscrever no curso, você declara que seus dados são verdadeiros e concorda integralmente com o presente regulamento. 

Nos vemos em breve!
Atenciosamente,
Hunna Coletivo.